22 de dezembro de 2014

Uma análise sobre o debate entre Antônio e Tourinho.

No dia de ontem (domingo), dia 21 de dezembro, aconteceu o debate entre eu e o Antônio da página "Detonando a Bíblia", e estou a passar a minha ótica sobre o debate. O debate está disponível no vídeo abaixo, o leitor poderá assistir e tirar suas próprias conclusões.




O tema do debate era "A Crença em Deus é racional?". Eu (Francisco Tourinho), comecei o debate e então abordei os conceitos de ateísmo, o princípio da aquisição do conhecimento através da hipótese do "Tudo é Movimento" de Heráclito de Éfeso e o absurdo e irracionalidade do mundo sem Deus de Albert Camus.

Depois o Antônio abordou as técnicas "Fé sem evidências" que foi devidamente respondida com várias referências que depois ficaram sem respostas. Depois abordou a técnica do "Amigo Imaginário" que foi devidamente respondida e não obtive tréplica, usou também a técnica da "pluralidade de religiões" que não foi respondida por falta de tempo e depois usou a técnica de que "Deus é mau na bíblia" que também ficou sem resposta por falta de tempo. Note também que praticamente todos os ataques do Antonio foi a religião cristã, não ao teísmo em geral, mostrando que ele nem sequer entendeu o título do debate.

Depois ele abordou a técnica de que o Universo veio do Nada em resposta a minha proposta do princípio da imutabilidade para aquisição do conhecimento. Um detalhe, a hipótese de Heráclito foi usada para uma questão de epistemologia no debate, nada tinha a ver com cosmologia, então o "Universo ter vindo do nada", não tem lógica alguma aplicada ao debate, seria como eu dizer que meu carro é preto no meio do debate, não significa absolutamente nada, a única lógica é a de que o Antônio não entendeu o argumento, assim como também não falou coisa alguma do "absurdo de Albert Camus", pois também não conhecia o autor nem conhecia o argumento, e apesar de ter tratado dos conceitos de ateísmo, não falou nada para dizer porque o ateísmo era mais racional dentro do argumento.

Outro ponto a ser considerado é que todas as minhas teses foram devidamente referenciadas, enquanto o Antonio não usou uma referência sequer, usou muito de apelo ao ridículo e de apelo ao sentimento, usando argumento emocionais e não lógicos.


CONCLUSÃO

Gostei da minha participação no debate, mas fui tolo ao subir demais o nível a ponto do adversário nem seu público entender meus argumentos, como não fui bem compreendido, alguns falaram do que não entendem.

Quem quiser conhecer sobre o argumento de Heráclito e o da basicalidade da fé ele está exposto nesse link:
http://questoesultimas.blogspot.com.br/2014/01/existem-provas-da-existencia-de-deus.html


P.S.: Ouvi dizer que o argumento do "Universo veio do nada" é um argumento poderoso dentro do ateísmo, infelizmente para eles, esse é um argumento que é muito bem respondido aqui no blog.

http://questoesultimas.blogspot.com.br/2014/04/vindo-o-universo-do-nada-mostra-que.html

http://questoesultimas.blogspot.com.br/2013/01/a-fisica-quantica-contradiz-o-argumento.html